Azulejos Pretos

Azulejos Pretos

Autor:

«A porta é preta, a retrete é preta, o tampo é preto, o papel higiénico é preto.» É este o cenário do romance de uma noite de reencontros, surpresas inóspitas, acidentes sulfúricos e de memórias revisitadas. Numa Lisboa fora de horas e fora de sítio, entre a arte e a vida, o tempo e a memória, a porta abre-se e, na casa de banho preta, entram e ajoelham-se modelos de vestido preto e justo, poetas, dealers, criativos, gestores, artistas, até um padre. Figuras reais da noite de Lisboa. Roman à clef? Também. Mas Azulejos Pretos espelha e reinventa, sobretudo, um vivo e excitado universo politicamente incorrecto de decepção, frustração e raiva: vidas pelo cano abaixo. Pode esta Lisboa a roçar-se pela tragédia ter ainda a esperança de uma redenção?

    Descripción:

    «A porta é preta, a retrete é preta, o tampo é preto, o papel higiénico é preto.» É este o cenário do romance de uma noite de reencontros, surpresas inóspitas, acidentes sulfúricos e de memórias revisitadas. Numa Lisboa fora de horas e fora de sítio, entre a arte e a vida, o tempo e a memór ...

    Compra y Disfruta Tu Libro Digital

    $ 279 MXN

    Visualizalo de inmediato con nuestra app


    SKU#. 9579705

    EAN#. 9789897025990

    • Descripción
    • Especificación
    • Formas de Pago
    • Opiniones de los clientes
    • «A porta é preta, a retrete é preta, o tampo é preto, o papel higiénico é preto.» É este o cenário do romance de uma noite de reencontros, surpresas inóspitas, acidentes sulfúricos e de memórias revisitadas. Numa Lisboa fora de horas e fora de sítio, entre a arte e a vida, o tempo e a memória, a porta abre-se e, na casa de banho preta, entram e ajoelham-se modelos de vestido preto e justo, poetas, dealers, criativos, gestores, artistas, até um padre. Figuras reais da noite de Lisboa. Roman à clef? Também. Mas Azulejos Pretos espelha e reinventa, sobretudo, um vivo e excitado universo politicamente incorrecto de decepção, frustração e raiva: vidas pelo cano abaixo. Pode esta Lisboa a roçar-se pela tragédia ter ainda a esperança de uma redenção?
    • Año
      2020
      Formato
      Formato Digital
      Género Literario
      Idioma
      por
      ISBN
      9789897025990
      No de Páginas
      176
      Sinopsis
      «A porta é preta, a retrete é preta, o tampo é preto, o papel higiénico é preto.» É este o cenário do romance de uma noite de reencontros, surpresas inóspitas, acidentes sulfúricos e de memórias revisitadas. Numa Lisboa fora de horas e fora de sítio, entre a arte e a vida, o tempo e a memória, a porta abre-se e, na casa de banho preta, entram e ajoelham-se modelos de vestido preto e justo, poetas, dealers, criativos, gestores, artistas, até um padre. Figuras reais da noite de Lisboa. Roman à clef? Também. Mas Azulejos Pretos espelha e reinventa, sobretudo, um vivo e excitado universo politicamente incorrecto de decepção, frustração e raiva: vidas pelo cano abaixo. Pode esta Lisboa a roçar-se pela tragédia ter ainda a esperança de uma redenção?
      Tipo Contenido
      Tipo Libro
      Electrónico

    Productos Similares

    También Compraron


    Azulejos Pretos


    Formato:

    $ 279 MXN

    Comprar Ahora

    Visualizalo de inmediato con nuestra app